Categorias
Terceirização

Terceirização reduz custos e aproxima seu negócio da inovação

A terceirização é uma estratégia de negócio capaz de trazer benefícios práticos para as empresas. Neste conteúdo, vamos abordar dois aspectos da terceirização muito relevantes para o momento econômico que vivemos: redução de custos e inovação.

Em um mundo em pandemia, sorte de quem já estava habituado a gerir equipes e trabalhos de maneira remota. As empresas que já terceirizavam processos e atividades possuíam a cultura organizacional da gestão remota. Isso é, sem dúvida, um diferencial importante quando, de repente, grande parte dos colaboradores precisam ser reorganizados em regime Home Office.

Mas é preciso mais do que uma boa cultura de gestão de equipes para sobreviver aos desafios do mercado. Por isso, vamos nos aprofundar em dois impactos diretos da terceirização que podem transformar a trajetória do seu negócio.

Terceirização como estratégia de redução de custos

Este é, sem dúvida, o motivo mais conhecido pelo qual a terceirização se popularizou. Afinal, ao montar uma empresa de fabricação de roupas por exemplo, você também precisa de uma equipe especialista em processos trabalhistas, em segurança do trabalho, serviços gerais, portaria. Enfim, muitas atividades que não compreendem em vender as roupas fabricadas tomam a energia do seu negócio.

Por isso, a terceirização tornou possível o pleno foco no que chamamos de core business. Trata-se de um termo em inglês cuja tradução livre pode significar a atividade principal do seu negócio, a razão de existir da sua empresa.

A terceirização das atividades que fogem ao seu core business torna o organograma da empresa mais enxuto e dinâmico, diminuindo setores onerosos que agora ficam a cargo de empresas especializadas.

E essa redução de custos não é só sentida no preço dessas atividades. Em uma empresa mais enxuta, as decisões são tomadas com mais agilidade. E tempo é dinheiro!

Terceirização como estratégia de inovação

Ganhar tempo é essencial para colocar em prática novas formas de empreender. E é por isso que ter mais tempo e foco para o seu core business vai, inevitavelmente, resultar em um ambiente mais propenso à inovação.

CEOs de todo o mundo estão dizendo por aí que inovar é prioridade. E, claro, é sim. Mas repita isso para a equipe que está neste momento lidando com prazos curtos e entregas que precisam adotar um padrão já reconhecido no mercado.

A inovação, como conceito amplo, acaba muitas vezes ficando no plano a longo prazo das empresas. Muitas obrigações e muitas urgências no curto prazo empurram a inovação (tanto de processos quanto de soluções) para mais distantes.

Então, com mais tempo, cabe à gestão propor uma cultura de inovação. É mais do que propor que sua equipe faça a mesma coisa de formas diferentes. É abrir espaço interno e um ambiente acolhedor para novas tentativas, novos testes, sem medo de errar, sem medo de estar “perdendo tempo”.

Terceirização segura e tecnológica

Se você já terceiriza ou está pensando em terceirizar, é fundamental se atentar para a realização de monitoramentos regulares da empresa terceirizada e dos colaboradores dela.

Neste ponto, o trabalho é focado em garantir o cumprimento das obrigações de várias esferas, como a trabalhista, previdenciária, sindical e jurídica.

Por isso, falar em gestão de terceiros é fundamental para que esse processo esteja livre de passivos. Ou seja, mesmo que você ganhe na redução de custos e na inovação, seu negócio passa a ter a responsabilidade legal de garantir que esses novos pontos de passivos não atrapalhem o crescimento da empresa.

A Executiva Outsourcing tem a metodologia e a tecnologia para estar ao seu lado na terceirização.

Conheça nossa Gestão de Terceiros e entre em contato com o nosso setor Comercial: Matriz (41) 3668-7782 | (41) 99182-3389| Filial São Paulo (11) 4502-1146 | E-mail comercial@executiva.com.br

Categorias
Terceirização

Webinar Gratuito para empresas terceiras: O que mudou com o vencimento da MP 927

Conforme estabelece a Constituição Federal, a MP 927/2020 deveria ter sido votada e convertida em lei pelo Congresso Nacional antes de seu vencimento em 19 de julho, o que não ocorreu.

Diante deste novo cenário, alguns impactos práticos nas empresas precisam ser diagnosticados. Portanto, abriremos diálogo direto e exclusivo com as empresas terceiras dos clientes da Executiva Outsourcing com o webinar gratuito O que mudou com o vencimento da MP 927.

Um time de especialistas da Executiva Outsourcing irá conceder uma consultoria online e gratuita, orientando fornecedores a agir ativamente na eliminação de qualquer ponto de fragilidade para passivos em seus negócios!

Consultoria gratuita com:

  • Amanda Ceconello

Analista de Treinamentos

  • Thiago Quadra Bueno dos Santos

Gerente de Gestão de Pessoas

O Webinar não será aberto ao público, apenas voltado às empresas fornecedoras contratadas pelos clientes da Executiva Outsourcing.

Webinar: O que mudou com o vencimento da MP 927

Data: 07/08 (sexta-feira)

Horário: 9h às 11h

Categorias
Terceirização

Terceirização descomplicada: 4 passos para a cultura de outsourcing

Em tempos de crescimento econômico modesto em razão da pandemia de Covid-19, vários empreendedores encontram na terceirização uma forma de reduzir custos e acelerar processos. No entanto, muitos empresários esquecem de colocar em pauta com seus colaboradores a construção contínua de uma cultura de outsourcing. Para evitar que a pressa seja inimiga da segurança do seu negócio, a Executiva Outsourcing traz alguns pontos importantes sobre a implementação desta cultura.

Primeiro, precisamos entender do que se trata a “cultura de outsourcing”. Mais do que trazer empresas e colaboradores terceiros para dentro da dinâmica de produção da sua empresa, optar por terceirização significa se atentar para todas as questões legais deste modelo de contrato, construir um modelo de contratação seguro e focar em parcerias que, de alguma forma, colocam o seu negócio em uma posição mais competitiva.

Apesar de ser uma escolha inteligente, alguns processos da terceirização geram bastante dor de cabeça para muitos gestores. 

Vai terceirizar em 2020? Entenda melhor como iniciar internamente uma cultura de outsourcing realmente segura.

Encontre sua força e foque nela

Já ouviu falar de core business? Core Business é um termo em inglês cuja tradução livre pode significar a atividade principal do seu negócio, a razão de existir da sua empresa. Estruture uma boa equipe para trazer resultados cada vez mais inteligentes no seu core business. Depois, avalie quais áreas pesam mais na sua receita e faça uma pesquisa de mercado sobre os fornecedores que dão conta das peculiaridades da sua empresa.

Seja expert em contratar com segurança

Saber contratar um bom fornecedor é que separa uma excelente experiência de terceirização de um processo altamente arriscado e oneroso. Crie um processo rigoroso de avaliação das empresas que oferecem o serviço que você precisa terceirizar. Além de exigir certificação financeira, é preciso encontrar alguns traços que comprovem a excelência da empresa parceira. 

Aproveite para se aprofundar! Leia: 4 indícios que você deve buscar em um fornecedor para sua empresa

Entenda suas responsabilidades

Para garantir uma terceirização bem-sucedida, não dá para contar só com a eficiência da empresa terceirizada. Como estão seus processos internos de avaliação de fornecedores? Sua equipe sabe exatamente quais são os pontos de atenção a serem levados em conta na escolha e na gestão das empresas terceiras? Neste ponto, lembre-se de auditar 100% dos documentos de todas as obrigações Trabalhistas, Previdenciárias, Fundiárias, de Segurança e Medicina do Trabalho.

Amadureça sua segurança da informação

A legislação do nosso país está em constante evolução e sua empresa precisa acompanhá-la. Não adianta colocar uma entrega importante nas mãos de um fornecedor sem saber como ele lida com os dados sensíveis que compõem as suas relações.

A Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) já é uma realidade. Seus fornecedores, principalmente os da área de Tecnologia da Informação, já possuem soluções adequadas à lei?

“Terceirizar com responsabilidade não é apenas delegar tarefas a empresas especializadas. A sua estrutura e seu planejamento interno têm tudo a ver com uma gestão de terceiros eficiente e uma cultura de outsourcing é conquistada aos poucos”, afirma o diretor-presidente da Executiva Outsourcing, Márcio Pereira de Barros.

Implementando-a de forma eficaz e inteligente, você irá perceber que a terceirização pode acelerar o crescimento do seu negócio mesmo em períodos de economia desacelerada.

Converse com nossa equipe comercial e descubra como terceirizar da melhor forma para garantir o desenvolvimento que seu negócio merece atingir. Ligue agora:

+55 (41) 3668 7782 – Unidade Central 

+55 (11) 4502-1146 – Unidade São Paulo

Categorias
Terceirização

Terceirização e Coronavírus: conheça as recomendações federais para contratos de outsourcing

Já está bem objetivo o fato de que a situação de pandemia do Covid-19 (Coronavírus) tem grande impacto na economia global. Economistas e historiadores preveem uma forte recessão na Europa. No Brasil, impactos já
são sentidos, principalmente na indústria e no comércio. Mas e relações de terceirização, são impactadas? A Executiva Outsourcing traz este assunto para você.

O Governo Federal publicou, ainda na segunda quinzena de março de 2020, as diretrizes que serão utilizadas pelas entidades públicas em relação aos contratos de prestação de serviços terceirizados.

Covid-19 e serviços terceirizados


A Administração Pública Federal propõe 4 medidas para nortear as relações de contratos de terceirização nanesfera pública diante do impacto da pandemia do Covid-19.


Vale estudar a proposta de concessão de recesso e ponto facultativo para empregados terceirizados utilizada na esfera pública para construir a melhor estratégia de acordo com a suas contratações de terceiros.


A Executiva Outsourcing traz abaixo a íntegra dessas recomendações. Boa leitura!


1º – Notificar as empresas contratadas quanto à necessidade de adoção de meios necessários para intensificar a higienização das áreas com maior fluxo de pessoas e superfícies mais tocadas, com o uso de álcool gel (maçanetas, corrimões, elevadores, torneiras, válvulas de descarga etc.);


2º – Solicitar que as empresas contratadas conduzam campanhas internas de conscientização dos riscos e das medidas de prevenção para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do Coronavírus (Covid-19), observadas as informações e diretrizes estabelecidas pelo Ministério da Saúde;


3º – Proceder ao levantamento de quais são os prestadores de serviços que se encontram no grupo risco (portadores de doenças crônicas, histórico de contato com suspeito ou confirmado para Covid-19 nos últimos 14 dias, idade acima de 60 anos etc.), para avaliação da necessidade de haver suspensão* ou a substituição temporária na prestação dos serviços desses terceirizados;


4º – Caso haja diminuição do fluxo de servidores dos órgãos ou entidades (estejam executando as suas atribuições remotamente) ou expediente parcial (rodízio), poderão – após avaliação de pertinência, e com base na singularidade de cada atividade prestada – reduzir* ou suspender* os serviços prestados pelas empresas terceirizadas, até que a situação se regularize.


*Suspensão ou redução – Respeitando a Nota Técnica nº 66/2018 – Delog/Seges/MP Diante de situações assim, temos que nos informar com qualidade. Ao conhecer as medidas de segurança adotada na esfera pública, qual se encaixa nos seus contratos com terceiros?


Toda a equipe da Executiva Outsourcing já está em regime Home Office e nossos trabalhos estão sendo conduzidos normalmente.


Continuamos à disposição para quaisquer dúvidas sobre como podemos consolidar as melhores relações de terceirização no seu negócio.


Fale com a gente!
+55 (41) 3668 7782 – Unidade Central
+55 (11) 4502-1146 – Unidade São Paulo

Categorias
Terceirização

Terceirização de TI: 5 sinais de que é a escolha certa para a sua empresa

Seja por questões orçamentárias, requisitos difíceis de serem alcançados ou outras questões, às vezes é mais inteligente para uma empresa terceirizar suas operações de Tecnologia da Informação (TI). De fato, pode haver muitas vantagens para uma empresa na terceirização de TI, incluindo integração tecnológica mais ágil, maior escalabilidade e custos indiretos mais baixos. Neste artigo, a Executiva Outsourcing apresenta alguns caminhos que podem indicar que sua empresa terá uma parceria de terceirização bem-sucedida nesta área.

Primeiro, é importante considerar todos os lados da questão. Existem alguns sinais importantes que apontam para a terceirização de TI como uma escolha saudável. Confira abaixo!

Como avaliar se é importante a terceirização de TI?

Para responder a essa pergunta, a Executiva Outsourcing apresenta, abaixo, o resultado de um levantamento realizado por especialistas do Forbes Technology Council, formado por executivos de tecnologia de todo o mundo.

  • Você sente que o TI está limitado

Terceirize quando a equipe de TI começar a consumir mais do que deveria nas dinâmicas de funcionamento do seu negócio. Quanto mais tempo você gasta em sua configuração de TI e na gestão da equipe, menos tempo gasta em seus objetivos de negócios.

Frequentemente, quando seu negócio terceiriza o setor de TI, ele passa a dispor de uma equipe inteira com uma ampla variedade de habilidades, em vez de ter um único recurso interno e potencialmente limitado.

  • A lacuna entre crescimento e investimento em habilidades não diminui

Quando o objetivo é aumentar a escala de entrega do setor de TI, geralmente, faz sentido terceirizar. Isso porque quando a entrega precisa escalar de forma significativa, seu negócio precisa estar pronto para gerir um time extra de desenvolvedores e mais talentos de TI em tempo integral.

Além disso, se você precisar preencher rapidamente uma lacuna de expertise para concluir um projeto, terceirizar vai ser uma saída mais eficaz e mais segura.

  • Nível dos profissionais

A maioria das equipes de TI já terceiriza algumas responsabilidades (os aplicativos de software como serviço para gestão, por exemplo). Portanto, a questão de terceirizar uma solução ou serviço deve ficar dentro de uma discussão maior sobre a estratégia de negócios, e não unicamente sobre o orçamento.

Claro, o orçamento é importante. Mas a capacidade de reorientar sua equipe de TI para entregar mais inovação com profissionais mais capacitados, definitivamente, deve estar na linha de frente da sua decisão.

  • Sua equipe tem alta rotatividade

Se você tem uma alta taxa de rotatividade na equipe, vários fatores podem estar atrapalhando a consolidação de um time de ponta. Pode ser o salário, o plano de carreira na empresa, o peso dos projetos nos portfólios. Se sua empresa ainda não consegue construir uma jornada eficiente de gestão de talentos de TI, terceirize.

  • TI não está no seu Core Business

A Executiva Outsourcing é grande defensora do foco no core business, que em tradução livre pode ser interpretada como a competência central do seu negócio.

Terceiriza quando a TI não é parte integrante da competência central ou quando os resultados de TI não serão propriedade intelectual (PI) da sua empresa. Nesses casos, contrate um fornecedor que dá conta do mesmo serviço com melhor qualidade e menor custo, sem risco de perder qualquer PI ou vantagem competitiva.

Para se aprofundar no tema, leia o artigo: Qual o seu Core Business? Descubra e planeje o crescimento do seu negócio

Na Executiva Outsourcing

A Executiva Outsourcing vive de inovação e tecnologia – esse é o nosso diferencial no mercado. Por isso, nossa equipe interna de TI não pode parar de amadurecer e de crescer. Mas se o seu core business está em outro tipo de entrega de valor, terceirize e comece canalizar energias para a melhora comercial do seu negócio.

Vai terceirizar? Conte com soluções que asseguram toda a jornada das suas relações com fornecedores. Da contratação à gestão dos documentos e dos colaboradores terceirizados.

A Executiva Outsourcing é líder no mercado de Gestão de Terceiros há mais de 20 anos e apresenta o portfólio de serviços mais completo para garantir segurança, eficiência e escalabilidade para o seu negócio.

Conheça nossos serviços e entre em contato com o nosso setor Comercial: (41) 3097-7833 | comercial@executiva.adm.br.

Categorias
Terceirização

Como qualificar a homologação de fornecedores na sua empresa

Uma pergunta que deve ser levada ao seu time de compras é: existe meio termo quando o assunto é segurança na contratação? Muitas empresas confundem terceirização com a responsabilização total do fornecedor. Errado! Por isso, investir em homologação de fornecedores qualificada é um passo essencial para qualquer empresário.

O Projeto de Lei nº 13.429/2017 regulamentou de forma parcial a terceirização e trouxe consigo responsabilidades específicas para o tomador.

Ainda no caminho da legislação vigente, o eSocial e a Escrituração Fiscal Digital de Retenções e Outras Informações Fiscais (REINF) também colocam mais responsabilidades de conformidade nas mãos de quem contrata serviços e funcionários terceiros.

No escopo de atividades de uma homologação de terceiros segura, alguns pontos se fazem imprescindíveis:

  • Avaliação da capacidade financeira do terceiro;
  • A especialidade na prestação dos serviços contratados;
  • Relação entre o capital social e a quantidade de funcionários alocados;
  • Informações corretas junto à REINF;
  • Análise das multas trabalhistas e demais reclamatórias de mesma natureza;
  • E muitos outros detalhes!

Se o seu negócio quer ter tranquilidade para projetar novos investimentos e crescimento sustentável, é importante começar pela validação de parcerias saudáveis. Ou seja, executar uma análise financeira fidedigna e completa dos seus fornecedores para atender de forma plena às obrigações trabalhistas, previdenciárias e outras.

Para qualificar a homologação de fornecedores, avalie a saúde econômico-financeira das empresas terceiras, detalhando seus resultados contábeis.

O confronto das receitas, custos e despesas apuradas, projeções e tendências de mercado também compõem uma homologação qualificada.

Desta forma, seu setor de compras terá indicadores estratégicos para tomadas de decisão mais seguras, tanto na renovação de contratos quanto na contratação de novas parcerias.

A parte tranquilizadora de toda essa burocracia necessária é que existe a Certificação Financeira completa, como a da Executiva Outsourcing.

Além dos relatórios financeiros detalhados, a Executiva Outsourcing oferece indicadores que mostram a criticidade do negócio, com a facilidade de gráficos altamente intuitivos que alertam sobre a situação financeira da empresa, recomendando ou não a contratação.

Qualifique o seu processo de homologação de fornecedores com máxima governança corporativa. Fale com a Executiva Outsourcing: (41) 3097-7833 | comercial@executiva.adm.br.

Categorias
Terceirização

Terceirização de RH é tendência crescente: 5 pontos mais atrativos

A terceirização do setor de Recursos Humanos (RH) tem se tornado cada vez mais comum. Muitas empresas brasileiras já confiam plenamente na terceirização desses serviços. Mas por se tratar de um dos setores mais estratégicos da sua empresa – responsável pelo seu capital humano -, é preciso observar alguns cuidados para que essa parceria de terceirização seja um ganho para o seu negócio, e não uma dor de cabeça.

Mas por que é tão delicado? Basta lembrar que o escopo de trabalho de um RH eficiente envolve etapas cruciais para a consolidação da sua empresa. Do recrutamento, passando pelo treinamento e pelas campanhas motivacionais, da elaboração da folha de pagamento, chegando à política de cargos, salários e benefícios.

Geralmente, o tamanho da equipe é proporcional ao tamanho do seu negócio. Grandes empresas costumam ter RHs robustos para dar conta de todas as entregas esperadas deste setor.

Antes de explorarmos o que tem tornado a terceirização de RH uma movimentação empresarial atrativa, precisamos lembrar que o cuidado começa pelos custos. Avalie o custo total da sua equipe de RH e o que ela, de fato, entrega na sua empresa.

Algumas empresas que prestam serviços de RH podem não oferecer todas as suas demandas internas. Por isso, atenção. Avalie se o que a empresa fornecedora entrega compreende todo o escopo do seu RH interno. Por exemplo, o seu fornecedor projeta e executa campanhas motivacionais para o seu público interno? Se essa for uma demanda urgente do seu negócio, você precisará terceirizar uma outra empresa ou demandar este esforço de um outro setor interno, como o de Marketing.

Tome cuidado com esses detalhes, sempre espelhando o valor da sua equipe com todas as suas funções dentro da empresa. Se o seu objetivo é reduzir custos e aumentar a especialização do seu RH, tenha em mente qual é o RH que sua empresa precisa no momento.

Terceirização de RH: pontos atrativos

  1. Mais especialização, menos custo: muitas empresas têm optado por este ponto. Ao contratar um fornecedor especializado em Recursos Humanos, seu negócio passa a acompanhar de forma mais precisa as inovações do mercado na área, o que significa processos mais ágeis, seguros e, por não se tratar de toda uma equipe interna, com custos reduzidos.
  2. Escalabilidade real e menos complexa: todo empresário e toda empresária sabem que para projetar o crescimento do negócio, alguns setores vão precisar crescer em tamanho e em complexidade de entrega. Quando terceirizamos, a escalabilidade pode ser, simplesmente, uma alteração de contrato, caso o fornecedor dê conta da demanda. Muito mais barato e simples do que projetar o crescimento de equipes internas a partir de novas contratações e do investimento em formação continuada para toda a equipe.
  3. Mitigação de riscos trabalhistas: o setor de RH é fundamental para assegurar que sua empresa se proteja de desgastes financeiros e de reputação com ações trabalhistas. Quanto mais especializado o serviço, menores serão os riscos de acidente de trabalho, de cálculos incoerentes ou de fiscalização falha da adequação das férias e descansos obrigatórios previstos por lei. Escolha um bom fornecedor e esqueça essas dores de cabeça – e custos para a empresa.
  4. Gestão de talentos do futuro: práticas inovadoras e que rompem com o senso comum da gestão de talentos estão em plena ascensão no mercado mundial. As novas formas de trabalho e o novo conceito de escritório empresarial (popularizado pelo modelo de gestão Google) têm impulsionado essa tendência de inovar a cultura interna por meio de coaching e mentoring, além dos estímulos por meio de metodologias ágeis de entrega e incentivo a cursos de especialização para equipes multidisciplinares. Alinhar-se ao que é inovador é uma maneira inteligente de se destacar.
  5. Segurança da informação de alta performance: sim, o RH precisa, mais do que nunca, estar altamente alinhado ao seu setor de Tecnologia da Informação (T.I.). Os dados pessoais de todos os seus colaboradores e contratos precisam estar seguros de forma a garantir a plena aplicação das normas da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), que entra em vigência em 2020. Procure um fornecedor que entrega excelência em segurança da informação e conformidade em relação à LGPD e proteja sua empresa das multas que acompanham as sanções administrativas da nova lei.

Percebeu como a decisão de terceirizar o RH está intrinsecamente ligada à contratação de um fornecedor bem qualificado? Para garantir a contratação de um bom fornecedor, conte com a expertise da Executiva Outsourcing.

Nossa Qualificação Cadastral é um passo fundamental para acertar na contratação da empresa fornecedora de serviços de RH. A Executiva reúne recursos que buscam por indícios de qualificação econômica e de serviços, de acordo com um padrão de excelência. Metodologia e know-how que sua empresa merece! Entre em contato: (41) 3097-7833.

Categorias
Terceirização

6 passos para acertar na terceirização

Independente do porte do seu negócio ou da sua estratégia de crescimento no mercado, há grandes chances que a terceirização seja uma pauta comum nos debates de gestão na sua empresa.

Apesar de ser uma escolha sábia, alguns detalhes são fruto de dor de cabeça para muitos gestores. Como em todas as áreas do empreendedorismo, existem aspectos da terceirização que precisam de um curso de aprendizado bem estruturado.

Como evitar algumas armadilhas da gestão de terceiros na sua empresa? Vamos apresentar 6 passos relevantes para garantir a atenção necessária à contratação de empresas terceiras.

Escolha uma abordagem disciplinada

Documente tudo o que você precisa. A ideia de ter um profissional ou equipe não alocada na sua empresa não diminui sua necessidade de acompanhá-los de perto. Atenção criteriosa aos contratos e a segurança de estar contratando uma empresa ou profissional qualificados devem ser prioridades. Atente-se à descrição das demandas e à qualidade da entrega. Esse passo é fundamental para construir uma relação segura e proveitosa!

Clareza nos acordos, contratos alinhados

Muitos empreendedores têm uma visão exata do que buscam, mas não têm uma ideia concreta de como planejar e executar esse caminho. Entregar o trabalho a outra empresa esperando que ela preencha as lacunas da sua demanda é arriscado. Seja objetivo e estratégico. Tenha uma compreensão abrangente do resultado desejado. Anote os detalhes de cada etapa do processo e passe adiante aos seus fornecedores suas descrições e expectativas.

Crie e administre um cronograma de entregas

Não é possível gerenciar aquilo que você não mensura. Tenha um cronograma bem estruturado e ao acesso das partes interessadas. Delegue seus melhores líderes para supervisionar os contratados. Acredite, este simples passo pode impulsionar o progresso nos resultados dos serviços contratados e manter os dois lados honestos e atualizados quanto ao desenvolvimento do trabalho.

Políticas de pagamento flexíveis

Analisando de perto a atual experiência empresarial na contratação de empresas terceiras, os processos e os perfis dos fornecedores são múltiplos. Por isso, ter uma equipe preparada para lidar com essa diversidade de negociações será crucial. Lembre-se: preço e valor são coisas diferentes. O seu fornecedor só tem bom preço ou, de fato, agrega valor ao seu negócio? Uma pergunta simples, mas que pode ser definitiva para uma terceirização de sucesso.

Assuma responsabilidade

Para garantir contratações bem-sucedidas, não dá para contar única e exclusivamente com a qualidade dos processos da empresa terceirizada. Como estão seus processos internos de avaliação de fornecedores? Sua equipe sabe exatamente quais são os pontos de atenção a serem levados em conta na escolha e na gestão das empresas terceiras? Neste ponto, lembre-se de auditar 100% dos documentos de todas as obrigações Trabalhistas, Previdenciárias, Fundiárias, de Segurança e Medicina do Trabalho.

De olho na segurança da informação

Não adianta colocar uma entrega importante nas mãos de um fornecedor sem saber os detalhes da estruturação desses serviços. A legislação do seu país está em constante evolução e sua empresa precisa acompanhá-la. A Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) já é uma realidade, apesar de só entrar em vigência em 2020. Seus fornecedores, principalmente os da área de Tecnologia da Informação, já possuem soluções adequadas à lei.

Terceirizar com responsabilidade não é apenas delegar tarefas a empresas especializadas. A sua estrutura e seu planejamento interno têm tudo a ver com uma gestão de terceiros eficiente.

Na Executiva, você encontra o melhor Sistema de Gestão de Terceiros do mercado, o SG3. Converse com nossa equipe comercial e descubra como terceirizar da melhor forma para garantir o desenvolvimento que seu negócio merece atingir. Ligue agora: (41) 3097-7833.

Categorias
Terceirização

5 tendências de terceirização que impulsionam pequenos negócios

Já reparou na popularização de ferramentas de automação de fluxo de trabalho e de gestão de projetos para empresas de todos os tamanhos? Grandes empresas com alta complexidade corporativa utilizam ferramentas como Sharepoint e Salesforce. Já nas empresas médias e de pequeno porte é muito comum a adesão a ferramentas como Trello e Asana. Mas alguns pequenos negócios acham que a automação de processos de gestão é a única forma rentável de terceirização.

Não caia neste engano! Para uma startup ou pequena empresa, qualquer redução de sobrecarga permite transferir mais receita para o crescimento operacional e para a otimização do tempo. A terceirização pode promover vários benefícios para pequenas empresas se destacarem em seus mercados de atuação.

Aqui estão cinco áreas ou tarefas que você pode facilmente terceirizar para contribuir para o desenvolvimento do seu negócio. São tendências cada vez mais presentes no mercado e sua empresa pode se alinhar às melhores práticas de gestão para acelerar seu plano de crescimento.

Vamos às 5 tendências mundiais de terceirização para pequenas empresas:

Marketing de Conteúdo

Se você é dono ou dona de uma pequena empresa, nunca ignore, desde o nascimento do seu negócio, o poder dessa ação. O marketing de conteúdo é uma estratégia de posicionamento que mantém sua marca em contato constante com o seu público por meio de conteúdos relevantes no lugar de conteúdos puramente “de venda”. Isso consolida sua marca e aumenta os níveis de interação entre seus canais de venda e seu público ideal.

Você pode começar pequeno, contratando um profissional freelancer, ou pode contratar uma agência. Ambas as opções poupam dinheiro e ajudam você a criar melhores relacionamentos com seus clientes.

Contabilidade

O faturamento mais complexo de grandes empresas pode ser um ponto delicado a ser levado em consideração na hora de terceirizar a área contábil. Pequenos negócios, no entanto, contam com uma organização financeira menos complexa e de controle mais acessível por um só profissional ou por uma equipe reduzida.

Portanto, terceirizar os serviços contábeis pode se tornar, de fato, rentável. Impostos, taxas e contribuições são assuntos sérios e fundamentais para o desenvolvimento da sua empresa. Por isso, contratar um especialista se torna mais caro. Contrate um fornecedor de confiança e reduza custos.

Folha de Pagamento

Pequeno empreendedor que está dando vida aos seus negócios, essa dica valiosa é para toda a longevidade da sua empresa: nunca descuide da sua folha de pagamento. Ela vai muito além do cálculo das horas e pagamentos de salário para os funcionários. Uma equipe especializada em requisitos, regulamentos e leis fiscais é fundamental. Um erro com a folha de pagamento pode significar riscos em auditorias e custar milhares de reais ao seu negócio.

Existem empresas focadas em prestar serviços de folha de pagamento. Ao tirar o peso técnico de dentro da sua empresa, você contrata fornecedores especializados que dispõem das melhores tecnologias e dos processos mais ágeis e seguros para cuidar da sua folha de pagamento.

Tarefas Administrativas

É fácil ficar atolado em dezenas de pequenas tarefas que consomem seu tempo todos os dias. Como proprietário de uma pequena empresa, você precisa se concentrar em seus principais processos para expandir seus negócios. Quando você contrata um assistente virtual, paga apenas pelas horas em que as tarefas estão sendo gerenciadas e pode eliminar muito tempo gasto com e-mails, configuração de agendas e compromissos e outras tarefas repetitivas. Ao automatizar as tarefas de agendamento de funcionários usando softwares, você pode se concentrar menos nas tarefas administrativas e mais na visão 360°, obtendo um panorama geral.

Setor Jurídico

Assunto delicado. De fato, ter um profissional 100% voltado para os assuntos jurídicos da sua empresa pode ser altamente estratégico. Mas se você avaliar que a terceirização dá conta das suas demandas jurídicas, essa pode ser uma boa folga para os seus investimentos serem direcionados a questões mais mercadológicas. Só não se esqueça que o profissional ou o escritório precisa ser de confiança. Advogados lidam diretamente com os dados sensíveis da sua empresa. A confidencialidade deve ser sempre um ponto de atenção nestes casos. O contrato de prestação de serviços deve ser bem redigido para dar garantias acerca da confiabilidade das informações.

Agora, foque no seu core business e otimize o crescimento da sua empresa. Independente das suas demandas de terceirização, a Executiva Outsourcing trabalha incansavelmente para garantir as melhores tecnologias de gestão de terceiros.

Conheça nosso portfólio de serviços e entre em contato: (41) 3097-7833.

Categorias
Terceirização

Vamos falar sobre a terceirização da atividade-fim?

Empresários precisam estar atentos às transformações na legislação para que passivos não atrapalhem o desenvolvimento do negócio. Desde a Reforma Trabalhista, os desafios para trazer para dentro dos negócios a realidade da lei brasileira ficaram ainda maiores.

Toda nova legislação gera novos processos e culturas. Um dos pontos de maior atenção é em relação à terceirização de serviços. Depois de embates polêmicos, o Supremo Tribunal Federal (STF) validou a constitucionalidade do emprego de terceirizados na atividade-fim das empresas. Para exemplificar, um hospital pode terceirizar a contratação de médicos, uma escola ou uma faculdade pode terceirizar a mão de obra de professores.

Para te ajudar a consolidar processos com segurança jurídica na sua empresa, a Executiva Outsourcing separou alguns pontos de discussão que definem o que esta decisão representa para o mercado empresarial. Confira!

O que, de fato, mudou?

Existia uma certa insegurança jurídica antes dessa decisão do STF. O que realmente aconteceu é que os ministros votaram a favor da terceirização em todas as etapas do processo produtivo, seja meio ou fim, ao avaliar a Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 324 e o Recurso Extraordinário (RE) 958252.

“É lícita a terceirização ou qualquer outra forma de divisão do trabalho entre pessoas jurídicas distintas, independentemente do objeto social das empresas envolvidas, mantida a responsabilidade subsidiária da empresa contratante”, descreve a decisão.

Então, de forma clara e objetiva, na verdade, nada mudou na Reforma Trabalhista (Lei nº 13.467 de 2017). O que o STF fez foi dar fim à ambiguidade que ainda existia por conta das divisões arbitrárias entre as atividades.

Precarização? É claro que não!

A terceirização não é a causa da precarização do trabalho. Essa modernização está completamente amparada pelo Poder Judiciário para impedir qualquer tipo de abuso nas relações de trabalho. Uma reflexão que precisa ser feita aqui é pensar o seguinte: se impedir a terceirização garantisse o pleno emprego, não teríamos o quadro brasileiro de desemprego dos últimos anos.

Portanto, a terceirização irrestrita é uma nova forma de pensar em como resolver a situação de ter mais postos de trabalho com maior especialização, garantindo a igualdade entre aqueles que prestam o serviço sendo contratados diretamente e os contratados de forma terceirizada.

Dessa forma, a Executiva Outsourcing reforça seu compromisso com o desenvolvimento de tomadores e fornecedores de serviços por todo o Brasil. Afinal, uma regulamentação moderna da terceirização de mão de obra representa uma importante segurança jurídica que leva ao mercado a redução de custos e maior especialização dos serviços.

Vai terceirizar? Conte com a expertise de quem lidera o mercado de gestão de terceiros há mais de 20 anos. Entre em contato com o nosso setor Comercial e deixe a Executiva Outsourcing consolidar a gestão de terceiros do futuro no seu negócio: (41) 3097-7833.